EQUIPE DE EDUCADORES

Professores formando professores

Nossa equipe é formada por educadores com vasta experiência como pesquisadores em Arte, Educação, Psicologia e Ciências Sociais, professores de Arte em escolas públicas e particulares, formadores de professores em Institutos e ONGs, além de autores de material didático em grandes editoras.

IMG_0427.jpg

É doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP (bolsa FAPESP), mestre em Educação pela FE-USP, especialista em Linguagens da Arte pelo CEUMA-USP e graduada em Comunicação Social pela FAAP.  É autora de livros didáticos e paradidáticos sobre Arte para crianças e professores (editoras Ática, Moderna, SM, Oxford do Brasil e Editora do Brasil).  É autora de Arte da coleção Saberes da Vida, Saberes da Escola, para EJA 6o a 9o ano, aprovado no PNLD EJA 2014, do livro Ápis Arte 4o e 5o anos, aprovado no PNLD 2016, e coautora do livro Todas as Artes, ensino médio, aprovado no PNLD 2018. Foi a elaboradora da 1a versão do Curriculo de Arte para o Ensino Fundamental do Município de São Paulo. Foi professora de Arte na educação básica e no ensino superior (Universidade de Mogi das Cruzes - UMC). Estudante no grupo de pesquisa CNPq NU-SOL Núcleo de Sociabilidade Libertária /PUC-SP. Sua pesquisa relaciona-se à Teoria Política Contemporânea, Resistências Infantojuvenis, Sociedade de Controle, Indisciplinas escolares, Arte-educação.

ELIANA POUGY

IMG_0460.jpg

É Licenciado em Educação Artística pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Atualmente é Coordenador pedagógico do programa Fábricas de Cultura de São Paulo e colabora na Escola Vereda, na elaboração de conteúdo e formação de professores em Arte. Foi professor de arte e de História da Arte do Fundamental 1 e 2 e do Ensino Média da Escola da Vila. Trabalhou em projetos educativos de instituições como SESC SP, Centro Universitário Maria Antônia, MAM-SP, MASP e Bienal Internacional de São Paulo. Coordenou cursos de capacitação e de formação de professores em Arte em diversas regiões do Brasil, pela Comunidade Educativa CEDAC.  Autor de livros didáticos sobre Arte, entre eles teve livro Todas as Artes, para o Ensino Médio, no qual é co-autor com Eliana Pougy, aprovado no PNLD 2018.

ANDRÉ

VILELA

Psicóloga Especialista em Direito Sistêmico -Hellinger /Innovare, Mediadora de Conflitos desde 2002, Consultora em gestão de conflitos nas relações escolares, familiares, empresariais e sociais. Docente e Supervisora nos Cursos de Mediação Transformativa de Conflitos da Escola Superior do Ministério Público- ESMP, Escola Paulista de Magistratura-EPM, Instituto THEM – Transformação Humana em Educação e Mediação e no Projeto Interdisciplinar Cantareira de Mediação Penal da Promotoria Criminal de Santana - desde 2005. Capacitadora em Projetos da Justiça Restaurativa e Práticas Restaurativas. Sócia fundadora do Instituto THEM – Transformação Humana em Educação e Mediação. Membro do FONAME - FORUM NACIONAL DE MEDIAÇÃO pelo Instituto THEM.

VALERIA

PEREZ

Pedagogo, formado pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP – Campus de Ribeirão Preto; Especialista em Linguagens das Artes pelo Centro Universitário Maria Antônia – USP. Trabalhou como professor de Educação Infantil na Creche/Pré-Escola Carochinha – USP, Campus de Ribeirão Preto, de 2001 a 2008. Posteriormente, atuou na Coordenação Pedagógica e Gestão da Creche/Pré-escola Central da USP, Campus Capital, de 2008 a 2017. Atualmente é educador/pedagogo junto ao Centro de Apoio Educacional e Psicológico (CAEP), vinculado à Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto e seus cursos de graduação.

RODRIGO

FLAUZINO

Mestre em Comunicação e Semiótica e com Licenciatura plena em Educação Artística, com experiência em docência no Ensino formal e Educação Continuada de Professores, autora de publicações diversas, entre as quais, a Coleção Didática de Artes do Sistema Anglo de Ensino, os materiais de referência para profissionais da Educação de segmentos diversos entre os quais destaca-se a  “De olho na Cultura: um ponto de vista afro-brasileiro e o paradidático A lenda da Pemba" (Obra integrante do Projeto: Livros Animados do Programa A Cor da Cultura. Atualmente concentra suas atividades como Docente do Ensino Superior ministrando as disciplinas Fundamentos, Metodologia e Prática de Ensino de Arte e Comunicação e Semiótica, entre outras. Desenvolve e acompanha projetos para o ensino de Artes e Educação para diversidade.

​MÁRCIA REGINA DA SILVA

Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos, graduada em Terapia Ocupacional pela mesma universidade. Especializou-se em Dança-Educação pelo Trinity Laban (Londres, 2002) e Laban e Didática da Dança no Caleidos Arte e Ensino (São Paulo, 2003-2008). Cursou Reeducação do Movimento no Instituto Ivaldo Bertazzo, Massoterapia na Escola AMOR, Danças Circulares com Friedel Eibl-Kloke e Yoga para Crianças (Metodologia Yoga com Histórias). Possui ampla experiência como professora de dança para bebês, crianças, adolescentes adultos e pessoas com deficiência em cursos livres e em escolas de ensino regular. Foi professora no curso de Licenciatura em Música da UFSCar. Como bailarina tem uma formação diversificada – fez Balé Clássico e desde 1995 se dedica à Dança Contemporânea.  Foi intérprete criadora da Caleidos Cia. de Dança (São Paulo) de 2004 a 2011 sob direção de Isabel Marques. É professora no Curso de Licenciatura em Música (Licenciatura) e na Pós-graduação da Faculdade Cantareira e integra o Núcleo de Pesquisa em Coreologia no Instituto Caleidos. Também atua como assessora no Grupo de Pesquisa interdisciplinar Entrelaços (Derdic/ PUC SP) com crianças no espectro autista.

MELINA

SANCHEZ

Ator formado na Escola Superior de Artes Célia Helena e Teatro-Escola Célia Helena (2017/2013), realizou o programa Stanislavsky Summer School (EUA) do Teatro de Arte de Moscou (2014). Trabalha como ator e diretor em algumas companhias como Cia. Artéria Teatral, Una Cia e Grupo Pano. Desenvolve a atividade de arte-educador em diferentes escolas e projetos desde 2012.

CAIO

SILVIANO

Licenciado em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, é arte educador e artista visual e corporal. Pesquisa cultura visual, tendo como viés a arte educação, focando na cultura de massa direcionada ao público infantil e seus desdobramentos culturais. Em dança, seus estudos tiveram como estímulo inicial a religiosidade de matriz africana e abrange as corporeidades das danças tradicionais brasileiras, sobretudo, afro-brasileiras. Teve como mestres os bailarinos Irineu Nogueira, Ângelo Madureira e Antônio Nóbrega. É formado bailarino pelo Instituto Brincante, tendo participado do espetáculo PAI, da Cia. Antônio Nobrega de Dança. Tem formação em música também, desde criança, estudando piano popular e percussão popular. Atua, hoje em dia, como bailarino e educador polivalente em uma instituição formal de ensino infantil.

PEDRO

OGATA

Educadora de Artes e artista do corpo. Mestranda em Comunicação e Semiótica, na PUC-SP. Pós-graduada em O Estado e Corpo – Genealogia dos Estudos Feministas e Gênero, Masculinidades e Feminismos Latino-Americanos, pela PUCSP, e graduada em Comunicação das Artes do Corpo, com habilitação em Dança e Teatro, também pela PUCSP. Pesquisa sobre o universo, narrativas e arquétipos femininos, como também trabalhos de vídeo-arte e dança. Como educadora, passou por instituições como Fábricas de Cultura, SESC e Instituto Reciclar.

FLÁVIA BLANCO LIRA

Ines Bushatsky é atriz, bailarina e professora de teatro. Formada em Artes Cênicas pela ECA/USP faz mestrado atualmente na mesma instituição, na área de Teatro e Educação. É formada pelo curso profissionalizante de atuação do TUCA na PUC/ SP. Também atua como coreógrafa e preparadora de atores. Trabalha na área teatral desde os doze anos de idade tendo passado por diversas linguagens e experimentações artísticas ao longo de sua trajetória.

INES 

BUSHATSKY

É bacharel e licenciada em dança pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e atriz pelo Senac Lapa Scipião. Desde 1992 atua como educadora em dança, intérprete-criadora e diretora cênica. Atualmente é professora especialista convidada no curso de pós-graduação em Dança e Consciência Corporal da FMU - Composição Coreográfica no Ambiente Escolar, e professora de dança no ensino fundamental. Com larga experiência na rede privada, já lecionou em escolas como Nova Lourenço Castanho, Escola da Vila, Escola Castanheiras, Colégio Oswald de Andrade, entre outras. Passou os 15 primeiros anos da sua atuação como professora elaborando currículo e implementando a dança no currículo escolar de ensino fundamental e médio. Atuou também no terceiro setor. De 1999 à 2005, aprofundou seus estudos em Danças Brasileiras com Rosane Almeida e Antônio Nóbrega no Instituto Brincante. Ao longo dos seus 26 anos de carreira sempre buscou se aperfeiçoar através de cursos com renomados nomes nacionais e internacionais da dança contemporânea.

SANDRA CAVALLINI

Avó, mãe, atriz, contadora de histórias, diretora e dramaturga. Cursando Mestrado no Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas na ECA USP, área de concentração Pedagogia Teatral.  Fundadora dos Grupos As Meninas do Conto e A Fabulosa Cia. Pesquisa a junção das linguagens do teatro e da narração de histórias, há mais de 20 anos. Já recebeu diversos prêmios pelos espetáculos de seus grupos. Formadora de Contadores de Histórias desde 2000, professora de dois cursos de Pós-Graduação: A Arte De Contar Histórias: Abordagens poética, literária e performática - FACON e A Linguagem da Infância - UniÍtalo. Fundadora da Casa da História, lugar que abriga suas criações, além de cursos, apresentações e atividades relacionadas à Narração de Histórias e ao Teatro. Coautora do Livro "As Velhas Fiandeiras" - Coleção Fora de Cena - Companhia das Letrinhas, 2017.

SIMONE

GRANDE

Graduando em Regência com ênfase em canto coral pela Unesp, é cantor e violinista, e têm atuado como regente e diretor artístico no Instituto Encantos, atendendo crianças, jovens e adultos. Fundador do coral 3 de Outubro, recém formado na zona oeste de São Paulo, trabalha com um repertório coral brasileiro. Atuou como regente coral no projeto Casa de Cultura e Cidadania e tem como principal pesquisa a voz.

RAIMUNDO DAMASCENO

Licenciado em Pedagogia pela Universidade Estadual de São Paulo (UNESP), Especialista em Linguagens das Artes pela Universidade de São Paulo (USP) e Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Atualmente é Doutorando em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Estudou percussão com Luís Zanetti, no Instituto Brincante; ritmos brasileiros com Ari Colares; música corporal com Fernando Barba (Barbatuques); música latina com Camilo Zorrilla. Atuou nos espetáculos “O médico e a forca” (2000), “Recomeço” (2001) pela Companhia de Teatro Millenium e, no “Auto do bumba meu boi” (2013), pela Cia Teatro do Baú. Foi membro do grupo de pesquisa de danças populares maranhenses “Pé no Terreiro” (2012) e, do grupo de estudos em manifestações brasileiras “Gira Fulô”. Trabalhou como professor de Ensino Fundamental e Educação Infantil nas redes municipais de Rio Claro, Barueri e São Paulo. Foi professor de Educação Infantil e formador de professores no Instituto Fazenda da Toca (Itirapina/SP). Hoje, atua na área de formação de professores tendo como foco a Educação Infantil e as Artes.

VITOR

JANEI

É pedagogo formado pelas Faculdades Integradas de Itararé (FAFIT) e pós-graduado em Linguagens da Arte pelo Centro Universitário Maria Antônia (USP). Foi docente da rede municipal de Nova Campina/SP e professor das Faculdades Integradas de Itararé (FAFIT) no curso de Pedagogia e nas licenciaturas em Matemática, História e Letras com as disciplinas didático-pedagógicas. Foi professor de Arte do Colégio XXV de Abril/FAFIT-Objetivo de Itararé/SP em que trabalhou com turmas do Ensino Fundamental I até o Ensino Médio. Estudou dança pela Oficina de Dança Denize Claro de Itapeva/SP. Participou dos grupos teatrais Em Cena Ação de Itapetininga/SP e Cia. Teatral Sem Limites de Itapeva/SP. Foi fundador e regente, por dez anos, do coro cênico Madrigal Pange Lingua de Itapeva/SP com o qual venceu por três edições o Mapa Cultural Paulista na categoria canto coral e participou do Cantoritiba (PR) – Festival Internacional de Corais de Curitiba em 2015 e 2016, obtendo o 2º e o 3º lugar, respectivamente, na categoria Música Popular/Coro Cênico. Atualmente reside em Curitiba, onde participa do Coro Masculino Ottava Bassa sob regência de Alexandre Mousquer e do Coral da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), onde também rege o Coro Jovem Entrevoz, sob a supervisão da maestrina Priscilla Pruetter. Atua com o processo pedagógico do projeto JOGARTA (Curitiba/PR) de jogos analógicos e RPG.

FERNANDO

MAGALHÃES

É bacharel em música pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), compositor, arranjador, percussionista, pianista e cantor. É tecladista de bandas de rock / soul. É regente coral e coach vocal. É compositor de trilhas sonoras para audiovisual e teatro onde também é ator. Trabalhou como assessor técnico na linguagem de música junto ao programa Fábricas de Cultura, do governo do Estado de SP. Foi professor de música e artes em escolas particulares de São Paulo por mais de 10 anos.

PIERO

DAMIANI

É mestre em Teoria, Crítica e História da Arte pela Faculdades Associadas Santa Marcelina (FASM), especialista em Avaliação de Aprendizagem na Perspectiva Sócio-construtivista pela PUC-Cogeae, pós-graduado em Psicopedagogia pela UniFIEO e graduado em artes plásticas pela FAAP. Atua como professor de arte desde 2003. É artista e psicopedagogo. Foi formador de professores em arte no Cedac, tutor de EAD da Fundação Bienal de SP, educador de exposições temporárias (no SESC-SP e Bienal de SP) e avaliador da comissão de seleção dos projetos de oficinas culturais da Secretaria de Cultura de SP (Assaoc). Trabalhou na elaboração de livros e materiais didáticos de arte (editoras AJS, SM e SESI/SENAI). Também foi professor de história da arte e literatura em cursinhos preparatórios para vestibular e saxofonista em diversos projetos.

CARLOS 

HENRIQUE HABE

Engenheiro civil formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Graduando em Licenciatura em Música pela UNESP. Autor de materiais didáticos, educador musical no ensino formal e pianista com foco em composição e interpretação de música para Teatro.

GEORGE LUCAS NERCESSIAN

Rodrigo Assad é pai, educador musical e violonista. Formado em Licenciatura em Música pela Unesp – Instituto de Artes, é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Música, no Curso de Mestrado Acadêmico pela Unesp, sob orientação da Prof. Dra. Marisa Fonterrada. Integrante do Grupo de Pesquisa em Educação Musical - GEPEM, atua como professor de música no Programa Guri Santa Marcelina, nas áreas de Iniciação Musical Infantil e Adulto, Teoria Musical e Canto Coral. Trabalhou no Projeto Brasil Musicantes, mantido pelo Banco Daycoval, na Escola Estadual Dulce Carneiro, com aulas de Iniciação Musical para os 4º e 5º anos do Fundamental I. Foi integrante do PET Música - Instituto de Artes (Programa de Educação Tutorial) durante o período de graduação, e atuou também como professor de História da Música no Projeto de Extensão Da Capo (Cursinho pré-vestibular).

RODRIGO 

ASSAD

Formada em Licenciatura Plena em Artes Plásticas pela FAAP e mestre em educação pela PUC SP, já trabalhou como professora na Escola da Vila, Escola Viva, Colégio Sidarta e Projeto Vida. Foi coordenadora pedagógica no Projeto Arrastão Campo Limpo SP, em educativos de exposições em diferentes unidades do SESC e de Artes Visuais na Móbile Integral, onde elaborou o currículo de Artes da Educação Infantil até o Fundamental II. Atua com formação de professores e educadores desde 1998 em diferentes instituições e contextos: Instituto APAE SP, OSCIP Mais Diferenças, Instituto Rodrigo Mendes, Escritório de Arte Expomus, Centro de Estudos da Escola da Vila, Comunidade educativa CENPEC, Comunidade educativa CEDAC, Itaú Cultural, Fundação Itaú Social e Instituto Ayrton Senna.

ELANA GOMES PEREIRA

Formada em Comunicação pelo Makenzie, especialista em História da Arte pela FAAP. É artista, ilustradora e professora de arte na Escola da Vila desde 2007. Desde 2009 desenvolve projetos de formação de professores em Arte em Institutos como Centro de Formação da Escola da Vila, institutos como Tomie Ohtake, Instituto Arte na Escola, entre outros.  Presta assessoria em escolas particulares e da rede pública de São Paulo.

ANDREA

ALY

É educador maker e palhaço. Sua trajetória começou dentro da plataforma de pesquisa Lilo.Kids e nos colégios Porto Seguro e Escola Viva, nesta época prestando serviço para empresa Nave a Vela. A partir do encontro com alunos da faixa etária de 7 a 12 anos, no período de um ano, constatou a necessidade de desenvolver estratégias que estimulassem seus alunos a buscarem soluções criativas para seus projetos além de diferentes modos de ampliar o engajamento e a expressividade.

GUSTAVO SAULLE

É ator, professor e diretor teatral. Iniciou no Teatro sob orientação de Célia Helena, no início dos anos 80.  Em sua formação, teve a oportunidade de trabalhar com Antunes Filho, Fauzi Arap e José Celso Martinez Corrêa, entre outros.  Como Arte Educador, integrou a equipe pedagógica de diversos estabelecimentos de ensino: Colégio Gávea.; Caravelas; Colégio Ìtaca ; Sidarta. Ministrou aulas de interpretação na Casa de Teatro e no curso profissionalizante do Teatro Escola Célia Helena. Redigiu planos de aula na disciplina Teatro para a revista NOVA ESCOLA (ed. Abril). Participou de diversos projetos educativos em âmbitos municipal (Formação de Público, Casas de Cultura, Teatro Vocacional), estadual (Ademar Guerra) e nacional (Universidade Solidária). Premiado diretor de Teatro para crianças, de sua produção recente destacam-se: A Linha Mágica (2012), O Sonho de Jeronimo (2014), Viagem ao Centro da Terra (2015), Caminho da Roça (2016), A Máquina de Voar (2017), e Monstruário (2019).

ERIC NOWINSKI